quarta-feira, 7 de abril de 2021

MUITOS SÃO OS ESPÍRITOS QUE ATUAM NA VIBRAÇÃO DE EXU

 


PERGUNTA: - Por que exu faz "par" com os orixás? Podeis nos dar um exemplo planetário de espíritos que atuam na vibração de exu?
RAMATÍS: - São muitos os espíritos que trabalham nas vibrações de exu, nas várias dimensões cósmicas. No Universo, tudo é energia, e na umbanda não é diferente: tudo se transforma para o equilíbrio, gerando harmonia. Por isso, precisais entender as correspondências vibracionais dos quatro elementos planetários: ar, terra, fogo e água, relacionando-os com cada um dos orixás, regentes maiores das energias cósmicas, aprofundando a compreensão da magia específica de cada exu. Eles atuam, segundo determinadas peculiaridades, nos sítios vibracionais da natureza, fazendo par com os orixás, pois o eletromagnetismo do orbe é dual: positivo e negativo.
O Uno, o Eterno, o Incriado, Zambi, Olurum (um mesmo nome que representa a Unidade Cósmica) é "energia" e precisa se rebaixar para chegar aos planos vibratórios mais densos, onde estais agora.

sexta-feira, 26 de março de 2021

EU CRÍSTICO




O Amor Universal Crístico, oriundo de Deus, está introduzido em vosso orbe pelos ensinamentos deixados por Jesus de Nazaré. É a denominação sideral do amor livre de quaisquer amarras, religiões, raças, aspectos doutrinários ou filosóficos, independendo de interesses particularistas ou de grupos. O crístico ama a todos, é solidário e fraterno, receptivo aos diversos caminhos que o levam ao Alto, ao encontro com a Divindade, que é o Pai.
O Cristo-Jesus em nenhum momento foi separatista, fundou igreja ou instituiu sacerdócio. Jesus nunca pertenceu a qualquer sacerdócio oficializado, o que até hoje desagrada os religiosos. Ele ensinou as verdades divinas que transformaram o mundo, estando fora de qualquer clero, independente, universalista, tendo angariado os continuadores de seu sublime ministério nos homens do povo. Para o divino mestre, o verdadeiro sacerdócio dependia da bondade dos sentimentos e das obras concretamente realizadas. Jesus esclarecia com suas palavras e seus atos as antigas crenças, de maneira simples, sem ritualismos ou exagerada simbologia, verdadeiras presilhas exteriores do sentimento de religiosidade dos cidadãos. Em vossos dias, está a mensagem do divino mestre embolorada ainda, infelizmente, pelo excessivo dogmatismo, espécie de ritualismo sem instrumentos exteriores, que distorce a espontaneidade do amor. Até o presente momento, permanece no seio do catolicismo o patrulhamento baseado em tudo que o Papa disse, e no meio espírita mais ortodoxo, o cerceamento de tudo aquilo que Kardec não disse. São reminiscências no inconsciente, fruto de alguns séculos de dogmas...

quarta-feira, 17 de março de 2021

MENSAGEM DE DIVALDO FRANCO SOBRE O MOMENTO ATUAL

 




AINDA HÁ EXILADOS DE OUTROS ORBES AQUI NA TERRA NA CONDIÇÃO DE REBELDES?



PERGUNTA: — Esse espírito de satanismo não se situa, principalmente, entre os habitantes do mundo invisível, em torno da Terra, motivo pelo qual o Além é que deve ser considerado o viveiro das almas diabólicas?
RAMATÍS: — Em parte, tendes razão. O globo terráqueo é um núcleo em cuja crosta se situa imensa colmeia espiritual, que ultrapassa a vinte bilhões de almas desencarnadas, distribuídas em colônias e agremiações que apresentam os mais exóticos matizes e onde são submetidas às mais variadas emoções de vida! Os agrupamentos melhores procuram influenciar os piores, que se situam em faixas vibratórias mais grosseiras, enquanto que nas zonas abismais o inferno de Dante é pálida versão da realidade! Atuando vigorosamente na vossa humanidade, os desencarnados de ânimo satânico, sonham o domínio absoluto das instituições humanas! A vida espiritual, junto à Terra, transcorre à semelhança dos padrões terrenos, embora com aspectos diversos e transitórios. No Além, os extremos se fazem sentir com mais veemência; se nas colônias mais elevadas o amor e a fraternidade são sentimentos que vibram com vigorosa intensidade nos agrupamentos desregrados, das baixas esferas, o ódio e a vingança têm o seu reinado absoluto. Torturam-se as almas em débito mútuo e se formam laços odiosos que requerem séculos de dores e de sofrimento para a divina conciliação.
O mitológico Satanás continua a reinar com vigor do lado de cá e, além disso, opera disciplinadamente sobre o vosso mundo, que lhe fornece alimento nutritivo, gerado no desregramento da vida física!

domingo, 28 de fevereiro de 2021

ROGER FERAUDY: BARATZIL - A TERRA DAS ESTRELAS

 


Sinopse: Qual a razão de ser o povo brasileiro tão místico e psíquico, com essa familiaridade natural com o Invisível, e um celeiro de faculdades mediúnicas - o país mais espírita do mundo, berço da Umbanda, e rico em todas as correntes espiritualistas? Por que essa noção coletiva de país predestinado?
É o que a fantástica revelação deste livro explica, por meio da consulta aos registros invisíveis autênticos. A história ancestral da Terra das Estrelas - o Brasil - e da América do Sul é o que desvenda as raízes espirituais do povo brasileiro, e seu destino de nação líder da Espiritualidade da Nova Era.
Uma avançada civilização, desenvolvida pelos mestres extraterrenos da Lemúria e Atlântida, semeou no território brasileiro, em era remota, as magníficas cidades do Império de Paititi, Itaoca e Ibez, e da Terra das Araras Vermelhas. Essas culturas fizeram evoluir as raças então existentes, pela manipulação genética, e desenvolveram seus poderes psíquicos. Com isso, foram preparadas, no inconsciente desses egos - nós! -, as sementes da nova raça futura do Terceiro Milênio.
Dessa época remota datam as verdadeiras raizes da Umbanda que, pela primeira vez, são desveladas em detalhe: como essa velha Magia branca dos Templos da Luz atlantes, com a contribuição africana, foi colocada a serviço da humanidade pelos Dirigentes Planetarios, e seu papel na Espiritualidade da Nova Era. Desvenda também a verdadeira identidade de seus líderes esoirituais que se ocultam atrás das formas de caboclos e pretos-velhos.
Sendo um livro-revelação, seu ineditismo e riqueza o destinam a ser uma referência para os estudiosos. Mas é também - o que tem cativado os milhares de leitores da arqueologia psíquica de Roger Feraudy - um romance, verídico e apaixonante. O autor retira da sombra dos milênios um universo vivo e colorido de cenários, costumes, civilizações esquecidas, povoadas de personagens fascinantes, alguns sobrevivendo nos mitos americanos, cujas lutas, amores, paixões, crimes e heroísmo, mergulhos na sombra e árduas ascensões tecem uma narrativa que prende o leitor da primeira à última página, pela fascinação dessas histórias ancestrais de que nós, povo da Terra das Estrelas, fizemos parte um dia.

domingo, 24 de janeiro de 2021

"POR ESSAS E OUTRAS, QUE UMBANDA DEVERIA SER ESTUDADA, ANTES DE SER PRATICADA"

 


Por: Mãe Leni, dirigente fundadora do Templo de Umbanda Vozes de Aruanda, de Erechim - RS

"Ficamos entristecidos ao visitar uma linda cachoeira e observar a imensidão de "lixo" deixado na água, nas pedras e na mata ao redor, por supostos "umbandistas".
Oferendas com muito vidro, plástico, papel alumínio, velas nas pedras e até aves em decomposição. Como agradar às entidades ou aos Orixás sujando desta forma sua casa? A natureza é por onde ELES se manifestam a nós, humanos encarnados. Será que Oxum (que é doçura e amor), Xangô, Oxóssi ou outro Orixá gosta de putrefação, de lixo que não se decompõe e será levado pelas águas até o mar de Iemanjá? Não acredito. O ato de oferendar é para absorver, em contrapartida, o axé para o ofertante; portanto, se alguém emporcalha o sítio sagrado da natureza onde reina o Orixá, estará emporcalhando seu próprio axé. Falta entendimento e discernimento, bem como cidadania, pois, além das "oferendas", ainda deixam espalhados os sacos plásticos nos quais as transportaram. Não se dignam a recolher o próprio lixo que suja e entope nossos córregos, num momento em que nosso planeta já se ressente com falta de água doce, justamente por esses atos insanos dos homens. Por essas e outras, que Umbanda deve ser estudada, antes de ser praticada."

Trecho retirado do livro: Encantos de Umbanda (pág. 56,57).
Fonte: Encantos de Umbanda/Norberto Peixoto - Legião Publicações - https://livrariadotriangulo.com.br/
Imagens: Cantareira Informe, Refúgio dos Orixás, oxumtayo.wordpress. com